Quando a Plástica Ocular é indicada?

Compartilhe nas Redes:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Já falamos por aqui sobre o que é a plástica ocular, onde ela é feita e quais são os seus benefícios para a saúde dos olhos. Hoje vamos nos aprofundar um pouco mais no assunto para entendermos quando a plástica ocular é indicada e qual é o profissional ideal para conduzir o seu tratamento. Siga a leitura para conferir!

O que é a Plástica Ocular?

Resumidamente, a plástica ocular é uma subespecialidade da oftalmologia, e  ela é responsável pelo cuidado das estruturas que protegem o olho: a órbita, as pálpebras e as vias lacrimais. Essas estruturas são chamadas de anexos oculares e ficam localizadas na região periocular

Quais são as partes do olho que a Plástica Ocular trata? 

O olho é uma estrutura extremamente importante para as pessoas e, por isso, ele é muito bem protegido: 

Órbita 

A órbita é o osso do crânio onde o olho fica alojado e protegido. Ele tem o seu formato arredondado e pode ser sentido quando encostamos em cima das nossas olheiras ou um pouco abaixo das sobrancelhas. 

Pálpebras

As pálpebras funcionam como portas para o lugar em que os olhos ficam alojados, abrindo e fechando todo dia através do nosso piscar. São nas pálpebras em que os cílios nascem e este é o lugar onde se comumente são passadas sombras e delineadores. 

Lágrimas 

As lágrimas funcionam como uma espécie de “limpeza” para o olho. Produzimos as através da glândula lacrimal e, quando piscamos, elas vão limpando os nossos olhos. Isso é feito diariamente sem que percebamos – e sem que precisamos pensar conscientemente que vamos fazer isso.

Quando a Plástica Ocular é indicada? 

Conheça os benefícios da Plástica Ocular!

Quando qualquer parte desse sistema de proteção do olho apresenta algum problema de funcionamento, o responsável por ajudar em sua melhora é o Plástico Ocular. Esse médico é um oftalmologista especialista em plástica ocular, treinado para tratar as doenças que acometem a pálpebra, a lágrima e a órbita. Assim, ele vai ajudar a proteger e cuidar dos nossos olhos em casos como, por exemplo, paralisia facial, olho seco, fratura da órbita ou uma doença da glândula lacrimal. 

É necessário tratamento específico para muitas patologias que podem acometer os nossos olhos, por isso, se você apresentar algum desconforto nas regiões mencionadas aqui, procure o seu médico oftalmologista especialista em plástica ocular para que ele possa orientar quais são os próximos passos.

A plástica ocular também é uma alternativa para pacientes que apresentam condições na região dos olhos ligadas ao envelhecimento, como rugas e o crescimento das pálpebras. A cirurgia de plástica ocular também pode ser recomendada para corrigir acometimentos de nascença, ou quando o paciente sofre algum tipo de trauma que altera a estrutura protetora dos olhos.

Em casos mais extremos, o cirurgião plástico ocular também pode ser acionado para retirar alguma porção do olho após acidentes – ou algum tipo de acometimento na região. Além de, também, pode ser contatado em casos de biópsia ocular. 

Assim, se você apresenta qualquer dessas alterações ou tem o desejo de fazer uma cirurgia palpebral estética, procure um oftalmologista especialista em plástica ocular. 

O que é a cirurgia estética palpebral?

O plástico ocular também recebe treinamento para o embelezamento do olho. A cirurgia estética palpebral é feita com um cirurgião plástico ocular, que é o profissional com treinamento específico para o tratamento das pálpebras – estudando exclusivamente a anatomia das pálpebras, das vias lacrimais e da órbita.

Alguns tipos de cirurgia plástica ocular

Blefaroplastia

A cirurgia de Blefaroplastia é tanto para casos estéticos ou funcionais, e é indicada para retirar o excesso de pele, das bolsas de gordura localizadas na região dos olhos e para tratar o envelhecimento das pálpebras. A cirurgia é feita no centro cirúrgico, com anestesia local e a sua alta é prevista no mesmo dia. Geralmente, o pós-operatório da cirurgia de Blefaroplastia é tranquilo e o paciente não apresenta desconfortos. 

Cirurgia de lacrimejamento

A cirurgia de lacrimejamento, também chamada de sondagem via lacrimal, consiste em fazer a passagem da Sonda de Crawford para fazer a desobstrução do canal. Quando o tratamento correto para o lacrimejamento não é feito, as bactérias responsáveis pela Dacriocistite podem promover pus e dor no canal lacrimal. 

A obstrução do canal lacrimal é comum em crianças, elas podem nascer com o canal lacrimal obstruído ou ela pode acontecer por algum problema de infecção. Em crianças com até um ano de idade, normalmente, a obstrução se resolve naturalmente, e a sondagem pode ser uma boa opção para ser substituída pela cirurgia. 

Dra. Cristiane Bins: a sua referência de Oftalmologia em Porto Alegre!

Sempre que você tiver dúvidas sobre a sua visão ou se aparecer alguma alteração visual, como manchas, sensibilidade à luz ou baixa visão repentina, é importante que você procure o seu médico oftalmologista. 

A Dra. Cristiane Bins é Oftalmologista e Especialista em Cirurgia Plástica Ocular e, se estiver na Zona Sul de Porto Alegre, pode contar com os serviços da Dra. Cristiane Bins, a sua nova referência em Oftalmologia! Clique aqui para marcar uma consulta.

Cristiane Araujo Bins - Doctoralia.com.br

Continue se Informando

Veja Mais Novidades:

Terçol e Calázio

Terçol ou calázio: entenda a diferença entre essas 2 doenças

Desconforto na região dos olhos, uma pequena espinha incômoda na pálpebra, olhos vermelhos. Sintomas bastante comuns no estágio inicial de duas afecções conhecidas pela grande maioria das pessoas e que até hoje gera muita confusão: o terçol e o calázio.

Cuidados com a Blefaroplastia

Cuidados com a Blefaroplastia

A Blefaroplastia é uma cirurgia plástica ocular indicada para corrigir a flacidez das pálpebras e, durante o procedimento, vai ser removido o excesso de pele e as bolsas de gordura.

Agende Sua Consulta!