Cirurgia de Canal Lacrimal em Crianças

Compartilhe nas Redes:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Cirurgia de Canal Lacrimal nas crianças

Frequentemente, muitos pais apresentam dúvidas com relação a como funciona uma cirurgia de canal lacrimal em crianças. Aproveitando o mês de outubro, em que comemoramos o Dia das Crianças, hoje vamos esclarecer as dúvidas mais comuns deste tipo de  procedimento. 

O canal lacrimal obstruído

 

Canal Lacrimal

O oftalmologista do seu filho recomendou um tipo de cirurgia chamada de sondagem da via lacrimal. Este procedimento é indicado para abrir um canal obstruído perto do olho, responsável por levar a lágrima do olho até a cavidade nasal. Agora, vamos ver o que ocorre em casos de canal lacrimal obstruído:

As lágrimas protegem os olhos, mantendo-os hidratados e saudáveis. As lágrimas vêm da conjuntiva, que é o tecido claro sobre o branco do olho, onde existem pequenas glândulas que a produzem constantemente , e também da Glândula Lacrimal Principal. Essas glândulas estão localizadas acima de cada olho, na fossa lacrimal. As lágrimas fluem sobre a superfície do olho e são drenadas por pequenos orifícios chamados pontos lacrimais. 

Os pontos lacrimais ficam no canto da pálpebra superior e inferior, próximos ao nariz. As lágrimas passam por pequenos canais nas pálpebras. Enfim, elas entram no canal lacrimo-nasal, até que são esvaziadas no nariz. É por isso que o nariz escorre quando choramos.

Quando o sistema de drenagem das lágrimas está parcialmente ou totalmente obstruído, as lágrimas não drenam normalmente. O olho se torna lacrimejante e irritado, podendo ficar constantemente infectado. Em crianças, uma apresentação comum é uma secreção grudada nos cílios e/ou acumulada no canto dos olhos.

Como funciona uma cirurgia de canal lacrimal obstruído em crianças 

Uma criança pode nascer com o canal lacrimal obstruído, ou isso pode ser causado por uma infecção de outro problema no sistema de drenagem lacrimal. A sondagem do canal lacrimal abre o caminho para a lágrima fluir pelo sistema de drenagem lacrimal – quando o problema estiver relacionado às membranas que não se abriram após o nascimento. Isso vai evitar lacrimejamento constante e a secreção dos olhos de seu filho. 

A sondagem lacrimal é normalmente feita no Hospital, sob acompanhamento constante de médico anestesista. Seu filho estará dormindo por alguns minutos e estará com a via respiratória protegida.

Durante a cirurgia de canal lacrimal em crianças, o cirurgião  vai dilatar ou alargar o ponto lacrimal com um instrumento bem delicado. Depois, ele vai passar uma sonda muito fina pelo ponto lacrimal, dentro do sistema de drenagem lacrimal até o nariz. Isso deve desobstruir o canal, permitindo que as lágrimas drenem novamente. O cirurgião vai remover a sonda e verificar se o canal está aberto.

Riscos da cirurgia de canal lacrimal em crianças

Como em qualquer cirurgia, há possíveis riscos na sondagem de canal lacrimal. Os da cirurfia de canal lacrimal podem abranger: 

  • dor nos olhos;
  • vermelhidão; 
  • infecção ocular;
  • canal lacrimal ainda obstruído; 
  • sangramento;
  • problemas com anestesia.

Alternativas para a cirurgia de canal lacrimal obstruído

Como boa parte das obstruções da via lacrimal, em crianças de até 1 ano de idade, ela se resolve espontaneamente. Mas, uma alternativa é a massagem do saco lacrimal associado ao uso de colírios antibióticos em alguns momentos. Outra alternativa é uma cirurgia para criar um novo caminho para drenar as lágrimas.

A sondagem ainda é uma ótima opção e pode ser repetida. O oftalmologista do seu filho pode explicar por que escolheu a sondagem para tratar a obstrução do canal lacrimal. Seu filho não precisa tratar a obstrução do canal lacrimal, entretanto, se ficar sem tratamento, há o risco de seu filho ter infecções oculares e isto pode levar a uma complicação maior, como a Dacriocistite (infecção do saco lacrimal). Esta condição é mais grave e necessita, em alguns casos, de cirurgia de maior porte.

Se você tiver perguntas ou preocupações sobre o procedimento, fale com a gente! Vamos ficar felizes em ajudá-lo a compreender os riscos e benefícios deste procedimento. E se você tiver questões ou preocupações sobre os olhos do seu filho, não hesite em nos perguntar. Estamos comprometidos com a saúde da sua família. 

Fique a vontade para navegar em nosso site! Acessando o blog você pode conferir algumas matérias sobre saúde ocular, como esta aqui. Clicando no link você vai conferir um post falando sobre alguns sinais que os olhos podem demonstrar, e que ajudam a monitorar a nossa saúde. Boa leitura! 

Cristiane Araujo Bins - Doctoralia.com.br

Continue se Informando

Veja Mais Novidades:

Plástica Ocular

O que é plástica ocular?

A Plástica Ocular é uma subespecialidade da oftalmologia que, como você sabe, é o ramo da Medicina que trata os olhos. Mas diferente do que muita gente imagina, a cirurgia plástica ocular não é feita dentro dos olhos e sim ao redor, tanto para finalidade reparadora e funcional quanto para estética.

Estrabismo

O que é o estrabismo?

Chamamos de estrabismo a condição que deixa os olhos da pessoa desalinhados, quando eles apontam em direções diferentes. Popularmente conhecido como vesgos, as pessoas com estrabismo podem ter os olhos convergentes, quando o olho desvia para dentro, divergentes, quando desvia para fora, e também na vertical, em que o desvio ocorre para cima ou para baixo.

lacrimejamento

O que é o lacrimejamento?

A nossa lágrima é produzida a todo momento pela glândula lacrimal principal e por outras pequenas glândulas acessórias, distribuídas por todo o olho. Essa lágrima segue um caminho natural em direção a dois pontos localizados no canto de dentro dos olhos, chamados de pontos lacrimais – como se fossem os ralos de drenagem das lágrimas.

Agende Sua Consulta!