Dúvidas comuns sobre ambliopia

Compartilhe nas Redes:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

A ambliopia ou também, como é popularmente conhecida, “olho preguiçoso”, não é considerada uma doença, porém, ainda acaba gerando muita dúvida entre as pessoas do porquê desse problema acontecer. Por isso, no post de hoje, trouxemos a explicação sobre as perguntas mais comuns sobre a ambliopia.

O que é ambliopia?

A ambliopia é o termo utilizado para a redução da capacidade visual. Causada pela falta de estímulos durante a formação da visão, pode acontecer de forma unilateral (apenas em um olho) ou de forma bilateral (nos dois olhos).

Apesar de não ser considerada uma doença em si, a ativação do problema pode ser causado através da consequência de algum tipo de doença hereditária ou alterações que impeçam a entrada de luz até a retina.

Qual a causa da ambliopia?

A causa do “olho preguiçoso”, é a falta de estímulos durante a formação da visão, que acontece inicialmente na infância. Essa falta de estímulos pode acontecer por diversas formas, como por exemplo:

Estrabismo

O estrabismo na infância, é uma das causas da ambliopia, visto que, cada olho possui uma imagem diferente, que se fundem ao chegar ao cérebro.

Porém quando os olhos estão desalinhados, isso não ocorre de maneira correta, fazendo com que o cérebro acabe suprimindo uma das imagens e ignorando os estímulos vindos do olho afetado.

Além disso, o desalinhamento dos olhos, no caso dos adultos, uma vez que, já possuem suas vias visuais formadas, causa a formação da diplopia, ou seja, cada olho enxerga de maneira “separada”, vendo diferentes imagens.

Erros de refração

Os erros de refração, também são motivos para a projeção da ambliopia, principalmente nos casos de hipermetropia, miopia ou astigmatismo.

Os erros de refração, acabam causando o embaçamento da imagem que chega ao cérebro, resultando na grande diferença entre os focos de cada olho, que faz com que acabe ocorrendo a falta de estímulos nos dois olhos ou apenas em um.

Por bloqueio ou diminuição da visão

Nesse caso, a ambliopia acontece, devido a turvação ou opacidade da imagem, geralmente causada por cataratas e glaucomas, reduzindo a visão e consequentemente os estímulos.

Além disso, pessoas com pálpebras muito caídas também podem sofrer desse problema.

Quem tem ambliopia pode ficar cego?

Assim como qualquer outro tipo de problema visual, é necessário um tratamento correto para que não ocorram complicações. Caso a ambliopia não seja tratada de maneira precoce e correta, o olho não-dominante pode nunca desenvolver a visão normal.

Qual é o tratamento da ambliopia?

O tratamento da ambliopia é feito através do “forçamento” do olho não dominante, podendo ser através de:

  • Uso de óculos para a correção de algum erro refrativo;
  • Remoção de cataratas para tornar a visão mais clara;
  • Uso de colírios de desfoque ou oclusores (tampões) no olho dominante;
  • Aplicação de filtros translúcidos na lente do óculos (na lente do olho dominante).

Quem tem ambliopia pode dirigir?

A possibilidade de poder ou não dirigir, dependerá do grau de ambliopia, se ela é unilateral ou bilateral.

Para que seja possível dirigir, é necessário a liberação do médico a partir do feitio de exames específicos após uma consulta oftalmológica.

Qual a diferença entre ambliopia e astigmatismo?

A principal diferença entre a ambliopia e o astigmatismo é a forma na qual surge o problema.

Enquanto a ambliopia é um problema de falta de estímulos do cérebro em um dos olhos ou em ambos, fazendo com que cause a perda da visão, sem possuir um “problema aparente”, os casos de astigmatismo, é dado, através da deformação do globo ocular, fazendo com que prejudique a entrada de luz na retina. Esse problema, causa a distorção das imagens e a dificuldade do foco.

Quem tem ambliopia pode usar lente de contato?

Sim, é possível fazer o uso de lentes de contato para o auxílio da ambliopia nos casos de erros de refração e até mesmo de estrabismo.

Dra. Cristiane Bins: a sua referência de Oftalmologia em Porto Alegre!

Sempre que você tiver dúvidas sobre a sua visão ou se aparecer alguma alteração visual, como manchas, sensibilidade à luz ou baixa visão repentina, é importante que você procure o seu médico oftalmologista. 

A Dra. Cristiane Bins é Oftalmologista e Especialista em Cirurgia Plástica Ocular e, se estiver na Zona Sul de Porto Alegre, pode contar com os serviços da Dra. Cristiane Bins, a sua nova referência em Oftalmologia! Clique aqui para marcar uma consulta.

Continue se Informando

Veja Mais Novidades:

Agende Sua Consulta!