O que é o lacrimejamento?

Compartilhe nas Redes:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Antes de falarmos sobre o lacrimejamento, é importante conhecermos um pouco mais sobre como funciona a produção das lágrimas em nosso organanismo.

A nossa lágrima é produzida a todo momento pela glândula lacrimal principal e por outras pequenas glândulas acessórias, distribuídas por todo o olho. Essa lágrima segue um caminho natural em direção a dois pontos localizados no canto de dentro dos olhos, chamados de pontos lacrimais – como se fossem os ralos de drenagem das lágrimas. 

Os pontos lacrimais estão localizados tanto na pálpebra inferior quanto na superior, local por onde a lágrima entra e segue para um pequeno tubo chamado de canal lacrimal principal. Esse canal segue do nariz para a garganta e, por isso, é normal sentirmos o gosto do colírio quando pingamos nos olhos. 

O que é o lacrimejamento?

Algumas pessoas apresentam anormalidades na via lacrimal e, quando a sua anatomia é afetada por algum motivo, há uma tendência de sobrar mais lágrimas dentro dos olhos. Dependendo da quantidade, parte da lágrima acaba escorrendo pelo rosto. Nos consultórios oftalmológicos, é muito normal os médicos examinarem crianças que, logo após o nascimento, apresentam lacrimejamento constante. 

Para essa anormalidade nas vias lacrimais, chamamos de obstrução congênita da via lacrimal. Geralmente, o canal lacrimal da criança apresenta um estreitamento, ou um entupimento, na parte que está dentro do nariz. Nas crianças geralmente há uma resolução total do quadro até um ano de idade. Nas mais velhas, que permanecem com o lacrimejamento, o oftalmologista realizará um procedimento sob sedação que se chama sondagem da via lacrimal. 

lacrimejamento

Saiba quais são as principais técnicas para melhorar o lacrimejamento.

Sondagem da via lacrimal

A sondagem da via lacrimal consiste em fazer a passagem de um pequeno instrumento tubular metálico dentro da via lacrimal da criança e, assim, ocorre a passagem natural da lágrima. Em alguns poucos casos está sondagem pode não ser efetiva, então, um outro procedimento mais complexo é oferecido, chamado de Sonda de Crawford. 

Sonda de Crawford

A Sonda de Crawford é um tubo de silicone deixado durante algumas semanas na via lacrimal da criança para que uma modelagem desta via seja feita. Adultos acima de 60 anos podem desenvolver obstrução progressiva da via lacrimal, especialmente em pacientes que fizeram algum procedimento cirúrgico nos olhos ou tiveram traumas no nariz no passado.

Dacriocistorrinostomia

A cirurgia em adultos é chamada de Dacriocistorrinostomia, que é a criação de uma nova via ligando o olho ao nariz do paciente para que a lágrima possa ser drenada. Crianças e adultos podem ter infecções graves na via lacrimal quando ela está entupida, chamada de Dacriocistite. Como a lágrima não consegue ir para o seu caminho natural, ela acaba se acumulando e serve como base para o crescimento de bactérias. 

Dacriocistite

As bactérias responsáveis pela Dacriocistite promovem a formação de pus na via lacrimal, além de muita dor pelo aumento da pressão gerado pelo pus que permanece na região. Alguns dos pacientes acabam precisando de internação e drenagem por cirurgia para  resolução de um caso como esse. 

O canto interno dos olhos é muito importante do ponto de vista clínico, a presença de um foco infeccioso nesta região é perigoso porque as bactérias podem invadir regiões muito nobres – como, por exemplo, o cérebro. 

Quando o assunto é lacrimejamento procure o seu oftalmologista para que a melhor avaliação possa ser feita, assim como a conduta ideal para problema antes que as complicações graves aconteçam. 

Dra. Cristiane Bins: a sua referência de Oftalmologia em Porto Alegre!

Sempre que você tiver dúvidas sobre a sua visão ou se aparecer alguma alteração visual, como manchas, sensibilidade à luz ou baixa visão repentina, é importante que você procure o seu médico oftalmologista. Se estiver na Zona Sul de Porto Alegre, pode contar com os serviços da Dra. Cristiane Bins, a sua nova referência em Oftalmologia! Clique aqui para marcar uma consulta. 

Cristiane Araujo Bins - Doctoralia.com.br

Continue se Informando

Veja Mais Novidades:

O que é ptose palpebral

Ptose Palpebral: O que é, causas e tratamento

Procedimentos para rejuvenescer são cada vez mais comuns, principalmente na região facial que é nosso cartão de visita. E não seria diferente quando o assunto é o nosso olhar, que é onde nos expressamos verdadeiramente. Por isso, vamos entender tudo sobre o procedimento Ptose Palpebral.

Terçol e Calázio

Terçol ou calázio: entenda a diferença entre essas 2 doenças

Desconforto na região dos olhos, uma pequena espinha incômoda na pálpebra, olhos vermelhos. Sintomas bastante comuns no estágio inicial de duas afecções conhecidas pela grande maioria das pessoas e que até hoje gera muita confusão: o terçol e o calázio.

Agende Sua Consulta!