As principais dúvidas sobre a Blefaroplastia

Compartilhe nas Redes:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Agora que você já sabe o que é a cirurgia de Blefaroplatia, chegou a hora de saber quando ela é indicada, além de conhecer as principais dúvidas sobre o procedimento. Continue a leitura para saber mais:

Quando a Blefaroplastia é indicada?

Excesso de pele

Na avaliação pré-operatória existem alguns pontos que precisam ser considerados para a indicação da cirurgia das pálpebras, o primeiro deles é quando existe um excesso da pele palpebral. Se tratando da estética, os pacientes costumam se queixar de que esse excesso de pele atrapalha na hora da produção da maquiagem ou até mesmo por produzir uma sombra na região lateral dos olhos. Esses são pontos, inclusive, que são considerados na hora de avaliar se existe ou não a indicação cirúrgica de Blefaroplastia. 

Posição da sobrancelha

Na mulher, a sobrancelha deve ter um arco no seu terço lateral mais elevado, sendo esse um parâmetro estético, e acima do rebordo orbitário. Quando a sobrancelha se localiza mais para baixo, por exemplo, quase na linha da pálpebra, só realizar a Blefaroplastia não vai ser suficiente. O paciente também vai precisar realizar o Lifting de sobrancelha junto com a cirurgia da pálpebra. O Lifting de sobrancelha é realizado na região do cabelo, onde é feito um descolamento do tecido para que uma tração da parte lateral seja feita. 

No homem, o procedimento já é um pouco diferente, a sobrancelha deve estar acima do rebordo, mas ela pode estar levemente curvada ou até mesmo reta – geralmente, ela não é arqueada na sua parte lateral. 

Análise da pálpebra inferior

Outro ponto importante à realização da cirurgia das pálpebras é analisar a inferior, que pode apresentar um excesso de pele ou gordura e que vai ser avaliado durante a consulta. É muito importante que a avaliação pré-operatória seja feita por um oftalmologista especializado para que, dessa forma, ele possa examinar todo o aparato ocular. 

Qual é a técnica utilizada para fazer a Blefaroplastia?

Blefaroplastia
Tire todas as suas dúvidas sobre a Blefaroplastia!

A técnica vai variar de acordo com a quantidade de pele, se há somente pele ou se as pálpebras também apresentam gordura. Todas essas questões vão ser discutidas com o paciente na avaliação pré-operatória da cirurgia das pálpebras. 

A Blefaroplastia deixa cicatriz?

A cicatriz blefaro superior é feita no sulco da pálpebra, sendo bem discreta. E a cicatriz da pálpebra inferior de dois a três milímetros abaixo da linha das lágrimas. Já a cicatriz do Lifting de sobrancelha fica no couro cabeludo, sendo imperceptível. 

Cuidados pós-operatórios da Blefaroplastia

Os cuidados pós-operatórios da cirurgia das pálpebras são os mesmos de todas as cirurgias faciais: 

  • dormir de cabeceira elevada;
  • evitar esforço físico;
  • evitar abaixar para pegar coisas no chão, assim como movimentos que aumentem a pressão intracraniana e possam provocar sangramento;
  • compressas frias na região das pálpebras, sobretudo nos primeiros três dias;
  • preste atenção a sua visão e a dor excessiva no globo ocular;
  • tome atenção no fechamento das pálpebras para evitar problemas na córnea;
  • proteja a cicatriz com pomadas e os olhos com colírios e lubrificantes receitados pelo seu médico. 

Cuidados pós-operatórios tardios 

Esses cuidados dizem respeito à cicatriz e podem mudar de acordo com cada paciente mas, em geral, você vai precisar usar pomadas ou fitas de silicone na cicatriz da pálpebra inferior e superior para deixá-la fina e inaparente. 

Complicações pós-operatórias: 

Excesso de pele residual 

As complicações mais comuns após a cirurgia da pálpebra são excesso de pele residual ou excesso de gordura. Atualmente, o enfoque da Blefaroplastia é conservador, e o ideal é retirar menos pele e menos gordura para evitar complicações futuras. Caso fique um excesso e o paciente fique insatisfeito, pode ser necessário uma cirurgia revisional. 

Mau posicionamento da pálpebra

Outra complicação é o mau posicionamento do canto lateral do olho. Dependendo do caso, e se a flacidez da pálpebra for muito acentuada, pode ser necessário uma cirurgia corretiva. 

Dra. Cristiane Bins: a sua referência de Oftalmologia em Porto Alegre!

Sempre que você tiver dúvidas sobre a sua visão ou se aparecer alguma alteração visual, como manchas, sensibilidade à luz ou baixa visão repentina, é importante que você procure o seu médico oftalmologista. 

A Dra. Cristiane Bins é Oftalmologista e Especialista em Cirurgia Plástica Ocular e, se estiver na Zona Sul de Porto Alegre, pode contar com os serviços da Dra. Cristiane Bins, a sua nova referência em Oftalmologia! Clique aqui para marcar uma consulta.

Cristiane Araujo Bins - Doctoralia.com.br

Continue se Informando

Veja Mais Novidades:

O que é ptose palpebral

Ptose Palpebral: O que é, causas e tratamento

Procedimentos para rejuvenescer são cada vez mais comuns, principalmente na região facial que é nosso cartão de visita. E não seria diferente quando o assunto é o nosso olhar, que é onde nos expressamos verdadeiramente. Por isso, vamos entender tudo sobre o procedimento Ptose Palpebral.

Terçol e Calázio

Terçol ou calázio: entenda a diferença entre essas 2 doenças

Desconforto na região dos olhos, uma pequena espinha incômoda na pálpebra, olhos vermelhos. Sintomas bastante comuns no estágio inicial de duas afecções conhecidas pela grande maioria das pessoas e que até hoje gera muita confusão: o terçol e o calázio.

Agende Sua Consulta!